quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Senso de noção

Outro dia me perguntei: pra quê ter um Blog? Não, sério, pensa bem. Eu não ganho nada com isso, passo o tempo todo observando atentamente às estapafúrdias cotidianas pra me gerar ideias pra escrever aqui (que geralmente esqueço depois de alguns minutos, mostrando que não eram tão boas assim), nunca comi ninguém por causa do Blog e fico constrangido quando recebo elogios por causa dele.

Aí eu venho, sento diante da tela, coço o saco a cabeça uma ou duas vezes com a cabeça do dedo porque minhas unhas são roídas. Desembesto a escrever, leio e me divirto comigo mesmo. Abro o Google Analytics e os gráficos continuam sempre na mesma toada pessimista.

Mas vocês estão sempre aí! Sim, você aí que tá lendo isso. Com um comentariozinho aqui outro lá, ou na silenciosa marcação do gráfico do Analytics, em números e porcentagens, você existe pra mim, e é o motivo de eu escrever aqui, mesmo ocupado pra cacete, mesmo que de vez em quando, mesmo quando num teve tanta graça assim. É muito bom saber que eu não sou aquele mendigo que fica conversando com a parede do Masp.

E pronto, termino aqui meu agradecimento bichinha por vocês estarem sempre aí. Muito obrigado galerê.

5 comentários:

Caio disse...

haha, também como minhas unhas e leio seu blog às vezes. na verdade leio sempre que você posta, mas você só posta às vezes.

Olivia disse...

eu adoro ler seu blog. sei que é risada garantida. agora vejo sua foto ai do lado com cabelo... quanta diferença...

Danielle disse...

Uau... adorei tudo aqui!
Acabei de descobrir o blog atraves de uma pesquisa no google, comecei ler tudo aqui e esqueci da pesquisa.
Gostei de tudo que você postou até agora, me identifiquei muito. Até em gosto musical!!
Está adicionado no meu favoritos e vou voltar aqui sempre. Até

Bruna Buzzo disse...

Hoje mesmo, lendo seus twitts sobre o Grammy, sempre com observações bem colocadas, lembrei do blog e pensei "vou dar algumas risadas". Parabens, sempre! (E, honestamente, faculdade de jornalismo pra quê?)

Articulaçao queijo e goiabada. disse...

Eu gosto. As vezes voce é engraçado. Mas vamos deixar de sermos egoistas, e pensarmos um pouco mais em nós mesmos!