terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Dona Ruth

Já que citei abaixo Dona Ruth, a velha que mora sob nossos pés, vou contar a história dela. Essa mulher deve ter uns 237 anos, mas fala que tem "80 e muitos". Com seus óculos grandes que deixam as pupilas pequenas, esta cidadã certamente tem o diabo no corpo. Logo que mudei para cá, e morava o meu irmão com o tal do Colmbiano maconheiro, já existia a richa Ruth versus 52.
Quando recebi uma notificação por escrito, resolvi me inteirar do caso, antes que virasse uma multa. Meu irmão falou que a velha era louca, e implicava conosco que tinha barulho. Cá entre nós, meu irmão chegava bem tarde, e nunca fez questão de ser silencioso. Principalmente quando levava a namorada para o quarto e a cama não tinha feltros embaixo (se é que vocês me entendem).
Um dia encontrei com a mulher no térreo, e com sangue nos olhos ela me disse:

- Escuta aqui ô moleque! (Eu com cara de "É comigo?!"). Eu não aguento mais aquela geladeira móvel de vocês (!!!). Pode parar com aquilo lá que está me deixando louca!
-Geladeira móvel????
-É! E larga de cinismo que eu já sei de tudo! Eu sei muito bem que vocês tem uma geladeira móvel. O boliviano me contou tudo!

Pronto. Aquele doido do colombiano me fala que a gente tem uma Geladeira móvel pra mulher. Que merda se passa na cabeça desse indivíduo além de fumaça?
Entre ligações e outras na madrugada (que eu sempre estava acordado), recebemos a segunda notificação por escrito, o que precede a multa. Meu irmão falou:

-Vai lá conversar com aquela doida porque se eu tiver que ir vou bater nela!

Devia ter deixado. Mas almejando pela integridade física de Dona Ruth - e pondo em cheque a minha - desci as escadas e bati na porta dela. A própria atendeu:

- Boa tarde Dona Ruth. Meu nome é Victor, eu moro no 52 e...
- Ahhhhh, então é você?!!! Eu não quero falar com você! A próxima vez é multa! - Batendo a porta na minha cara.

Bati novamente à porta com toda a educação que recebi de pai e mãe (e nunca estiveram tão à prova). Abriu a porta de novo depois de alguma insistência minha:

- Você não entendeu o recado não?
- Sim, Dona Ruth, eu entendi. Mas eu quero falar com a senhora porque nós não sabemos o que estamos fazendo que lhe incomda tanto! Chegamos tarde, mas não damos festas no apartamento....fazemos coisas corriqueiras como tomar banho, ver o computador, nada demais!
- O que???! Vocês dão uma festa por dia! Eu não aguento mais! E olha, não quero mais saber. Agora vocês vão é pagar multa!
- Ah é assim?! Então manda a multa que a gente paga!
- Ahhhh! Então são durões! Eu vou na Delegacia do Idoso prestar queixa contra vocês! Não é justo que aos "80 e tantos anos" eu seja obrigada a ficar acordada a madrugada inteira por sua culpa! Eu vou meter um processo em vocês, então!
- Então faz isso!!!! Vamos resolver na justiça!!!!!!!!

Fui embora sentindo o coração bater na garganta de ódio. Mas não ia permitir que aquela velha me enterrasse. Depois disso acho que ela ficou arrependida e não fez mais reclamações junto à Síndica conta nós. Mas outra vez ela pinta na porta às 3 da manhã, todos dormindo e grita:

-Escuta aqui meu filho! Vai ser difícil essa mulher parar de andar de SALTO ALTO aí na casa de vocês???

Juro que dessa vez eu fiquei com medo. Além de tudo a mulher tava dando pra médium. Retruquei:

- Ô Dona Ruth! Tá todo mundo dormindo! Se a senhora quiser entrar pra procurar, se encontrar um salto alto sequer eu ponho ele e sambo pra senhora!

Ainda comprei feltro para colocar debaixo das camas e não ter mais motivo de camas pra que ela reclame. Só sei que toda vez que encontra um de nós no elevador, no alto de seu sarcasmo pergunta:

-Pra que andar vai?
- 5º.
- Ahhh, você não é um daqueles moleques do 52 né?
- Não...moro no 58.

Uma simples mentira que nos traz calma e tranquilidade. Ou quase:

-Ah bom! Porque tem uns meninos no 52 que eu vou te contar viu!

Não seria ela se não reclamasse...

4 comentários:

Victor disse...

Dona Ruth! Que som é esse? Quem sabe o nome dele? Esse som é o som da sua cabeçaaaaaaaaa.... sua cabeçaaaa, esse som é o som da sua cabeçaaaaa, sua cabeçaaaaa.... sua cabeça é assim!


Abraços!
hehe

ray disse...

quando você me falou que tinha um post da dona ruth, eu achei que era a general führer ruth do vacation village. saudades dela, gente boa demais.
mas essa da geladeira móvel é muito boa. o pior de tudo é que o teu apto nem fica em cima do dela...

Eliana Grellet Nicolas disse...

kkkkkkkkk
demais essa Dna Ruth

Bruna Buzzo disse...

Tenho medo de ficar igual a essa Dona Ruth... hahaha