sábado, 14 de março de 2009

Da série "O Orkut lhe quer bem"

Gente, abro meu Orkut. Quase nunca olho a frase do dia, porque já taaaanta asneira, que nem olho. Mas como sou curioso às vezes, resolvi olhar hoje:

Sorte de hoje: Encontre a felicidade no seu trabalho ou talvez nunca saberá o que é felicidade.

É de foder ou não é? Olha esse Orkut que mal amado!!! E ainda me deseja mais trabalho! Sai de mim! Espero não correr o risco dessa praga pegar!

Felicidade = Trabalho?

Alguém aqui estava precisando sair mais com os amigos, arrumar um affair, viajar, comer em bons restaurantes, conhecer gente nova, estudar coisas novas, ler bons livros....tá loco!

¬¬

Fiquei puto com Orkut e ponto.

2 comentários:

Olé disse...

Mano, como vc eh tonto! hehehehehe
Muito bom!

Maricota MG disse...

Oi,Victor.

conheci seu blog por causa do seu comentário no blog da Cris Talk. Acabei entrando aqui e lendo seu texto sobre os táxis baianos. Eu também tenho uma ótima experiência paulistana em Salvador: Depois de ficarmos prensados pela massa carnavalesca numa grade durante a passagem do trio-elétrico (eletrizante!!!), resolvemos voltar "voando" para casa. Pegamos um táxi daqueles que ficam em fila esperando o turista incauto. O sujeito realmente voava com o carro. Foi uma sorte termos sobrevivido (acho que foi porque o trecho que andamos era pequeno). Enfim, os taxistas de lá devem fazer o ano todo durante o pré-carnaval e o carnaval. Por isso podem ignorar algumas corridas como a sua. Só sei que juramos NUNCA mais aparecer perto dos trios-elétricos soteropolitanos. Tá louco!
Outra história baiano/paulistana engraçada é a de uma amiga que foi tomar café numa "padaria" de Salvador (padaria boa é só em São Paulo, não tem jeito). Pediu um pão na chapa sem miolo. Ouviu a seguinte resposta: "Sem miolo, temos não". Tentou explicar que era simples, mas a moça respondeu novamente que "sem miolo, fazemos não e acabou!" Resultado, deixou a dieta de lado e comeu o pão com miolo, mesmo.
Desculpe ser tão longa. Vou acabando, mas tem um texto do Saramago no blog dele que você podia ler. Não tem nada a ver com o seu post, mas é um texto daqueles bons:
http://caderno.josesaramago.org/2009/03/13/a-democracia-num-taxi/

Abs,

Márcia